appb-evolucao-mensal-biocombustiveis
Biocombustíveis
Evolução mensal dos preços
dos biocombustíveis
Acompanhe aqui os valores
biodiesel-gasoleo-banner1
Biodiesel
Evolução da incorporação de
biodiesel FAME no gasóleo
Acompanhe a evolução
oleo-palme-biodiesel-banner
Óleo de Palma
Portugal não utiliza derivados
de Palma no biodiesel
Biodiesel é produzido a partir de óleos alimentares usados

Notícias

“Objetivo 55”: Conselho chega a acordo sobre metas mais ambiciosas para as energias renováveis e a eficiência energética
O Conselho adotou hoje posições de negociação (orientações gerais) sobre duas propostas legislativas que abordam os aspetos energéticos da transição climática da UE no âmbito do pacote Objetivo 55: a Diretiva Energias Renováveis e a Diretiva Eficiência Energética. Os acordos...
Governo confirma que quer adiar fim dos carros com emissões poluentes
O primeiro-ministro, António Costa, admitiu que Portugal pretende juntar-se a outros quatro países europeus para, no Conselho de Ministros do Ambiente da União Europeia (UE) que se realiza na próxima terça-feira, propor que o fim da venda de carros com...
Os biocombustíveis e o atraso na legislação
O secretário de Estado do Ambiente e Energia anunciou recentemente que iria colocar em consulta pública para discussão e contributos a Diretiva europeia para as energias renováveis, designada como RED II e que define como meta obrigatória que 32% da...

O que fazemos

Congregamos esforços para fazer face aos desafios de um sector em crescimento, promovendo e divulgando a utilização de biocombustíveis.

Promoção do Biocombustível

Promoção e divulgação,
nomeadamente do biodiesel

Apoio a Organismos Oficiais

Face às diretivas sobre Energias
Renováveis e Créditos de Carbono

Consciencialização Ambiental

Discutindo as vantagens da
incorporação de biodiesel em gasóleo

Metas de Biocombustíveis na UE em 2021

Questões
Frequentes

Esclareça as suas dúvidas sobre os biocombustíveis e a sua utilização.
Consulte também os documentos sobre a legislação em vigor e o
mercado.

A utilização de biocombustíveis permite a redução de emissões de
gases de efeito estufa, reduz a poluição nas cidades e diminui a
dependência do país na importação de petróleo.

Os biocombustíveis podem ser classificados em dez tipos: etanol, bioetanol, biodiesel, biogás, biometanol, bioéter dimetílico, bio-ETBE (bioéter etil-ter-butílico), bio-MTBE (bioéter metil-ter-butílico), biocombustíveis sintéticos, biohidrogénio e óleo vegetal puro produzido a partir de plantas oleaginosas. Em Portugal, o biocombustível mais utilizado é o biodiesel.

O biodiesel é um combustível biodegradável proveniente de fontes renováveis. É produzido através do recurso a óleos alimentares usados, complementados com óleos vegetais virgens, como colza e soja.

Os biocombustíveis são uma alternativa ecológica com vista à redução das emissões de dióxido de carbono associadas aos transportes rodoviários. Para além disso, apresentam um menor custo benefício do que os combustíveis fósseis e são facilmente adaptáveis aos modelos atuais dos veículos.

Os biocombustíveis são ideais para melhorar o desempenho dos veículos. São energias limpas e, por isso, não desgatam tanto o motor como os combustíveis fósseis (petróleo, gás natural, carvão mineral). Consequentemente, têm uma maior durabilidade e requerem menos manutenção.

No entanto, é sempre recomendável uma revisão periódica de filtros e tanque e a verificação do lubrificante, para que não haja o risco de entupimento de filtros e surgimento de borras no motor que obstruem o seu normal funcionamento.

A Lei obriga Portugal elevar de 7% para 10% a incorporação de biocombustível, o que se reflectirá num aumento do preço de menos de 1 cêntimo/litro.

A estes valores acrescente o IVA, pelo que, no final, a factura poderá subir até 1,5 cêntimos no gasóleo.

Associados